breaking news

Cidadania – António Gonçalves e o Fenómeno de Loures

Maio 2nd, 2016 | by António Tavares

António Gonçalves, Cidadão de Loures, intervém no espaço da reunião da Câmara de Loures reservado aos Munícipes que pretendem apresentar os seus “casos” ao Presidente e à Câmara. Fala este Cidadão de um fenómeno, apresenta documentos, refere reuniões havidas com o vereador Matias e, ao longo da sua intervenção fala de subornos e dos “grandes artistas” que há no concelho de Loures…

Citando António Gonçalves – “… uma escritura notarial feita na Amadora. Isto é a vergonha de Loures. Desde 88 quem comprou esta propriedade tentou vigarizar o proprietário. Os funcionários da Câmara, foram sempre dando cobertura em todas as vistorias a tudo e mais alguma coisa… tudo isto tenho documentos. O Sr. Matias consegue fazer uma licença de autorização com uma garagem no 1º andar e consegue duplicar aquilo que está na escritura legal e consegue criar uma rua projetada que nunca existiu… e que está um processo legal aprovado com licenças pagas descrevendo toda a situação”. “Grandes artistas que há aqui neste concelho”.

Quando os Cidadãos se dirigem ao Presidente usando o espaço próprio na reunião de Câmara esperam muito mais que a simples resposta de que podem fazer valer os seus direitos em Tribunal até porque isso já os Cidadãos sabem. É suposto haver a sensibilidade para compreender que a Justiça é cara, morosa e complicada. O que esperam os Cidadãos é uma resposta clara e esclarecedora disponibilizando meios e vontades para resolver os problemas dos Munícipes.

Deixar uma resposta

UA-3566882-2