breaking news

Câmara de Loures – Opção Danosa e Fatos à Medida acusa Vereador Ricardo Leão do PS

Maio 1st, 2016 | by António Tavares

Ricardo Leão, Vereador do PS na Câmara de Loures, foi contundente na análise à proposta para não adjudicação das apólices de seguro pelos SIMAR e pelo lançamento em sua substituição de dois concursos e duas adjudicações diretas.

Opção Danosa, Fatos à Medida e Gestão Danosa pela Willis do Erário Público, foram alguns dos adjetivos usados por Ricardo Leão para caracterizar numa primeira intervenção esta proposta  Acrescentou ainda Ricardo Leão: “Isto, desculpem que Vos diga, Não me cheira bem”. A empresa Willis, que tem uma relação comercial, como mediadora de seguros, com a Câmara Municipal de Loures (CML), foi especialmente visada pelo Vereador Ricardo Leão chegando a afirmar: “O que é que é preciso mais a empresa Willis fazer de mau trabalho para que a CML (CDU e PSD) tomem a decisão de não pedir mais ajuda a esta empresa Willis? O que é que é preciso fazer mais?  O que é que é preciso esta empresa fazer mais de danoso para a Câmara e para os SIMAR para que saia disto?  Isto desculpem que vos diga não me cheira bem”.

A opção pelos dois concursos públicos e as duas adjudicações diretas foi também criticada pelo Vereador Ricardo Leão que avançou não compreender porque não é feito um concurso público global que considere todas as apólices de seguros para os SIMAR.

Esta proposta foi aprovada com os votos contra da bancada do PS na Câmara Municipal de Loures.

Deixar uma resposta

UA-3566882-2