breaking news

LOURES/CAMARATE – Bombeiros de Camarate em greve para exigir saída do Comandante

Novembro 22nd, 2011 | by Miguel Durão

Os Bombeiros Voluntários de Camarate, em Loures, estão em greve desde sábado para exigir a demissão do comandante, Jorge Fernandes, que acusam de perseguir alguns subordinados, disse ontem à Lusa o presidente da corporação.

Os cerca de 30 bombeiros voluntários que compõem a corporação de Camarate, que serve perto de 18 mil pessoas, apenas admitem sair para as situações de urgência mais graves até que o comandante Jorge Fernandes peça a demissão do cargo que exerce há cinco anos.

Desde sábado, no quartel encontram-se apenas dois elementos da equipa de emergência, um telefonista e os elementos de direcção.

Devido a essa situação, muitas situações de emergência ocorridas na área de actuação desta corporação estão a ser acudidas por bombeiros de outras corporações.

 

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Camarate, António Perna, explicou que esta greve é o culminar de cinco anos de “perseguições, ameaças, discriminações”, e, em alguns casos de “assédio” a elementos femininos da corporação.

O presidente dos bombeiros de Camarate sublinhou que não existem condições no quartel para a continuidade do comandante Jorge Fernandes e apelou à Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) que resolva o caso o mais rapidamente possível.

Neste momento está em curso um abaixo-assinado para exigir a demissão do comandante, mas estão previstas mais formas de luta que podem passar por audiências ao secretário de Estado da Administração Interna, aos grupos parlamentares e à Associação de Profissionais dos Bombeiros.

Miguel Durão

 

Deixe uma resposta

UA-3566882-2