breaking news

B.E. visita ETAR de FRIELAS

Julho 22nd, 2010 | by Luis F Silva

A convite do Bloco de Esquerda de Loures, a deputada Rita Calvário visitou a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Frielas, no âmbito das Jornadas Ambientais do B.E. no distrito de Lisboa. A iniciativa teve como objectivo conhecer uma infra-estrutura, que desempenha um papel fundamental na preservação da bacia hidrográfica do Tejo mas que, enfrenta vários problemas desde a sua inauguração.

Construída por ocasião da realização da Expo/98 e com a missão de despoluir o Rio Trancão, esta ETAR, actualmente gerida pela SIMTEJO, tem apresentado dificuldades de funcionamento assinaláveis desde a sua entrada em funcionamento, colocando em causa o ambiente e a qualidade de vida das populações à sua volta, acolhendo actualmente os esgotos domésticos e industriais de Loures, Odivelas, Lisboa, Amadora, Vila Franca de Xira e parte de Sintra.

Para os bloquistas “não só a localização da ETAR é inadequada, porque fica em zona residencial, como a infra-estrutura foi mal planeada e executada, resultando daqui incómodos como sejam os maus cheiros ou as dúvidas sobre a qualidade do efluente tratado.”

Para o Bloco de Esquerda também é preocupante “o atraso na implementação e requalificação das redes colectoras de esgotos urbanos e industriais, bem como a sobre-utilização das redes existêntes, além da falta de meios para detectar descargas ilegais nas linhas de água.”

No final da visita o B.E. considerou ser fundamental “que o Ministério do Ambiente e o INAG tenham os meios técnicos e humanos necessários para garantir uma correcta gestão dos recursos hídricos, tanto ao nível da prevenção, como do tratamento de focos de poluição e atropelos à Lei. Apesar dos esforços visíveis na ETAR de Frielas, ainda estamos muito longe do que seria a realidade desejável.”

Luis Filipe Silva

Deixe uma resposta

UA-3566882-2